Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Patricia Faria

Patricia Faria

(Re)descobrir Óbidos

04.02.19, Patricia

51191854_1767405443365555_1085137845410070528_n.jp

Escrever sobre Óbidos era algo que tinha planeado fazer desde que comecei o blog. À primeira vista parecia-me uma coisa assim para o espectacular, pelo menos até ter começado a escrever. Ou a tentar. Levei imenso tempo a passar do rascunho para o texto final. E porquê? Porque percebi que nunca olhei para Óbidos com olhos de turista, digamos assim. É um destino tomado por garantido, conheço desde que me lembro de ser gente e já perdi a conta ao número de vezes que lá fui. É também estupidamente perto (e ainda bem) e creio que é devido ao facto de existir essa proximidade que nunca consegui olhar para Óbidos com os tais olhos de turista. Para mim, Óbidos é um refúgio, o lugar onde é sempre bom voltar. Onde serei sempre princesa por um dia. O ambiente é mágico e dentro daquelas muralhas há vida, parece que estamos num conto de fadas (afinal talvez consiga ir buscar algumas palavras de turista). Há sempre coisas novas a acontecer, cada recanto tem o seu encanto. As pessoas são de uma simpatia enorme e ultimamente tenho reparado que, não importa a quantidade de vezes que já lá fui, vou sempre sair de Óbidos com a certeza de que descobri algo novo. O segredo está nos pormenores. Talvez se trate disto mesmo - (Re)descobrir Óbidos. Tenho tantas fotografias perdidas pelo computador que chegou a altura de abrir uma nova rúbrica por aqui. Um bocadinho do meu olhar, partilhado contigo.

IMG_5982.JPG

IMG_6364.JPG

IMG_6320.JPG

02.JPG

IMG_6341.JPG

IMG_6003.JPG

IMG_6290.JPG

Sobre a rúbrica (Re)descobrir Óbidos: em cada post, um sítio diferente. Quero trazer-vos a história, as fotografias e a minha experiência.

6 comentários

Comentar post